O velório

21 jan • A Vida como ela foiNenhum comentário em O velório

Os habitantes da famosa Mesa 1 do Bar e Rotisserie Pelotense, na rua Riachuelo entre Borges de  Medeiros e Praça da Matriz, ficaram desolados quando souberam que um antigo frequentador da roda havia partido para As Grandes Destilarias, o céu dos que admiravam garrafas de uísque.

A notícia chegou à roda por volta do meio-dia de um sábado, portanto tinham habeas corpus. Depois de incontáveis brindes em memória do falecido, que não viam há anos, depois de litros de lágrimas e soluços, informaram-se com a família sobre o cemitério e a capela. O Pedruva cumpriu esse doloroso dever. Então partiram para o velório no cemitério João XXIII.

Em lá chegando, foram direto ao caixão. O amigo estava irreconhecível pela longa doença e desgaste dos anos. Choraram compungidos, cumprimentaram a que parecia ser a esposa, e ficaram de pé no recinto, fungando e lutando contra a gravidade. Depois de um certo tempo, um deles foi novamente ao caixão, fitando o rosto do finado por um bom tempo. Em seguida, falou em voz baixa com um dos presentes cochicho extinto, conduziu a tropa para fora da capela.

Não era o amigão que estava sendo velado. Uma rápida consulta por telefone com familiares do verdadeiro defunto mostrou que não era a capela nem mesmo o cemitério, o velório era no São Miguel e Almas.

Foi então que souberam que o Pedruva era muito mais surdo do que parecia.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »