O que falta no Moinhos

27 jun • Caso do Dia, NotasNenhum comentário em O que falta no Moinhos

Eu gosto muito do Moinhos Shopping mas tenho uma queixa: por que o Zaffari não coloca uma operação diferenciada no lugar que hoje abriga a Lojas Americanas? Parece que lá atrás houve um ruído judicial, não sei se foi resolvido ou não. Mas falta uma superdelicatessen no shopping. O bairro agradeceria. Na rua Padre Chagas, temos uma de primeira, o Armazém 196 ou Armazém dos Importados, do qual sou freguês. Lá encontro queijos diferenciados, para ficar em uma das minhas paixões.

Convite ao malfeitor

Às vezes, penso que o Brasil tem ódio de quem ganha bem. Às vezes não, sempre. Baseada em decisão judicial, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) divulgou os salários de presidentes de empresas brasileiras como Itaú, Bradesco, Vivo e outras 27, determinação do TRF da 2ª Região. São valores altos e naturalmente a divulgação pode atrair bandidos de toda espécie, a começar por sequestradores. Eles, presidentes, e as famílias.

Baixeza

O capitalismo não chegou por inteiro ao Brasil. O que temos é um arremedo. O que chegou com toda a força foi a violação da privacidade. No caso dos salários altos, o que se embute é o desejo de nivelar por baixo. Se eu não ganho bem, você também não deve ganhar bem.

Uber comestível

uber comestível

O linguajar do povaréu da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul é bem peculiar, entremeado que é de expressões em espanhol, língua bem mais hermosa no meu entender. Neste caso, o açougueiro tem UBRE de vaca para venda.

Jornadas do Trabalho

Ronaldo Nogueira DIVULGACAO (4)

Em mais uma edição das Jornadas Brasileiras do Trabalho, evento que está percorrendo diversos municípios gaúchos, a cidade de Santa Maria teve um público superior a 150 pessoas, que acompanharam as palestras do ex-ministro do Trabalho e deputado federal Ronaldo Nogueira; desembargador TRT do Mato Grosso do Sul, Amaury Rodrigues; e do ministro aposentado do Tribunal Superior do Trabalho e conselheiro do Conselho Nacional de Justiça, Gelson de Azevedo.

O deputado federal Ronaldo Nogueira (foto) ressaltou a importância dos avanços que a reforma trabalhista trouxe aos trabalhadores brasileiros. Destacando que não era mais possível um país que gera tamanha riqueza, com tantas pessoas sem ter onde morar e até mesmo alimentar a família. “Aquele país que perdia empregos, hoje não perde mais. Vamos apostar no Brasil ele vai crescer mais e mais”, enfatizou.

O desembargador TRT de Mato Grosso do Sul, Amaury Rodrigues, palestrou a seguir e afirmou que não cabe ao juiz do trabalho discutir se é isso ou aquilo na nova lei. Para ele, o juiz deve interpretá-la e aplicá-la como está definida. “Se o Governo vai mal, o empresário, o trabalhador e o povo vão mal. O pedido agora em juízo mudou. Não é restringir direitos, mas evitar que existam abusos. A modernização da legislação trabalhista fez com que tanto o empregado quanto o empregador tenham responsabilidades”, destacou o desembargador.

Para o ministro Gelson de Azevedo, a lei trouxe garantias a trabalhadores e lhes deu uma garantia jurídica. “Estamos num país precariamente estruturado, e a lei trouxe uma série de definições, benefícios a coisas que antes eram ignoradas e deu segurança jurídica. Fiz essa palestra porque estou convencido de que a lei veio, mesmo tarde, para modernizar as lei trabalhistas”, concluiu.

Estiveram presentes ao evento o presidente da Câmara de Comércio e Indústria de Santa Maria, Rodrigo Décimo; o vice-diretor da Fadisma (Faculdade de Direito de Santa Maria), Giovani Bortoli; o vice-prefeito de Santa Maria, Sergio Cechin; e o presidente da OAB, subseção de Santa Maria, Péricles Lamartine Palma da Costa, entre outros.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »