O lado medonho do Brasil

28 mai • Caso do Dia, NotasNenhum comentário em O lado medonho do Brasil

Caminhoneiros são temidos em todo o mundo. São mesmo capazes de parar tudo e gerar o caos. Estágio que estamos prestes a enfrentar. Pela própria natureza do  negócio e do instrumento que usam, podem matar.  E não raro matam.

Pois então..

Uma carreta de 60 toneladas trafegando a mais de 80 km/h numa rodovia é  tentativa de homicídio.

Os suspeitos de sempre

A ação de empresários de transporte – qualquer transporte – na formação e fortalecimento de greves é uma realidade constante que não é de hoje. E quero só ver se o patronato sobre rodas vai pagar os tais 100 mil reais por hora de multa, estipulados pelo decreto presidencial.

Antecipação

Modéstia à parte, fui o único colunista de jornal, até onde sei, a antecipar a entrada do Exército na encrenca. Publiquei nota no alto da página 3 do Jornal do Comércio, na edição de sexta- feira passada. Inclusive, mencionei que seria utilizado a GLO – Garantia da Lei e da Ordem. Horas depois isso, confirmou-se.

fernando albrecht sobre os militares e a greve dos caminhoneiros

Uma crise alemã

   Meu pai, que era alemão e viveu os terríveis tempos pós a I Guerra Mundial, quando a Alemanha era um caos só, costumava dizer que -no Brasil- se empregava a palavra crise sem realmente saber o que era uma crise de verdade. Pois agora e até agora, temos uma pequena amostra dela. Mais cinco ou seis dias e poderemos, sim, dizer que estamos numa crise de verdade.

Jornal do Comércio

Leia e assine o JC clicando aqui.

E se…

houver desabastecimento na despensa que fornece a quentinha para Lula?

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »