O cara da barbicha

3 mai • A Vida como ela foiNenhum comentário em O cara da barbicha

barbicha

  Meu colega do JC Roberto Brenol de Andrade me diz que o fotógrafo do jornal salvou uma foto muito interessante para mim. Como não a localizei no arquivo, perguntei a ele o nome do fotógrafo para uma busca mais precisa.

  – Não sei, mas é um de barbicha.

  O mesmo que dizer que o fotógrafo era homem. Todo mundo usa barbicha ou barba hoje em dia, petralhas, coxinhas, comunistas, anticomunistas, boys e executivos de alto escalão. Até anão de jardim, esses desde o tempo da Branca de Neve. Estranho o Príncipe Encantado não usar uma. Não duvido que, em breve, até o papa Francisco use uma no capricho. Bem pelas representações até Ele ostentava uma, provavelmente, porque não existia nem gilete nem barbeador naquela época.

  Nos anos 1960, os hippies reiniciaram a moda, mas só eles e a jeunesse dorè; nos anos 70 e 80, a barba era acompanhada de cabelo comprido. Nos 90, só os protestantes contra o stablishment; nos anos 2000, os executivos de pastinha e cabelo com mais cola que uma caixa inteira de Superbonder aderiram à moda. Hoje, é o que se vê. Bom para as barbearias e salões.

  Aí o outro me diz para procurar um cara com barbicha.

  Imagem Freepik

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »