O Caminho da Luxúria

21 ago • Caso do DiaNenhum comentário em O Caminho da Luxúria

mulher deitada vestida com calcinha e sutiã para ilustrar os caminhos da luxúria

 Tem caminho que não acaba mais. Começou lá atrás com o Caminho das Índias, uma jornada de duplo sentido que muito agradou os portugueses. Hoje, o mais famoso deles é o Caminho de Santiago; aqui em Porto Alegre, temos Os Caminhos Rurais; na Serra, o Caminho dos Vinhedos e se não tem, bem que poderiam criar um. Pois eu vou dar uma ideia de graça para as operadoras de turismo, O Caminho da Luxúria da Capital gaúcha.

 A ideia é simples. Homens, mulheres e casais que quiserem fazer o roteiro das casas noturnas – vamos falar no popular, casas de garotas de programa – embarcariam em vansm e o motorista os guiaria para casas pré-determinadas, explicando no caminho como funciona o esquema. O preço depende do freguês, pode ser full HD, ou seja, incluiria o preço do programa e das bebidas. A classe econômica poderia ganhar só uma ceva ou um chope e deu. Penso em meia dúzia de casas, incluindo o Distrito Erótico da avenida Farrapos e transversais.

 A beleza da coisa é que estes estabelecimentos ofereceriam um desconto para os fiéis, 10 X no cartão sem juros. Estes, por sua vez teriam outro desconto como fazem as áreas, milhagem. Poderia ser sorteado um durante o trajeto, que ganharia um roteiro no mól. Pensei em criar também uma taxa de embarque, como nos aeroportos, mais uma taxa de desembarque. Explico.

 Se o cidadão ou cidadã ou os casais se encantarem por uma ou mais gurias e elas quiserem viajar na van, seria cobrada uma taxa de embarque; se os passageiros quiserem ficar na casa abrindo a mão do resto do roteiro, seria cobrada uma taxa (módica) de desembarque. Tudo nos trinques, bem redondinho.

 Fui aos detalhes no meu projeto. Não podem os passageiros da van abdicar do Caminho da Luxúria para fazer uma bacanalzinho entre si, o dinheiro não seria devolvido. Mas compreendendo como funciona a libido, ofereceríamos os serviços de uma subsidiária com aquelas enormes limusines Lincoln em que cabe meio Auditório Araújo Viana.

 Que tal essa?

Foto: Freepik

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »