O Cais Mauá

19 out • Notas6 comentários em O Cais Mauá

Fernando Albrecht fala sobre a revitalização do cais Mauá, na imagem. projeto de como ficará a orla do Guaíba, com cadeiras do lado de fora

  Se a turma do “não” deixar, o projeto mudará para melhor o Centro de Porto Alegre. O problema é esse. Este pessoal quer que a área seja revitalizada mas sem shopping, sem hotéis ou prédios. Então como eles imaginam que se dará o retorno do investimento de R$ 500 milhões? Vendendo picolé e cachorro-quente?

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

6 Responses to O Cais Mauá

  1. Nina disse:

    Fernando, você é o que muitos chamam de coxinha.

  2. Varejista disse:

    Perfeito artigo e comentário da Nina Idiot

  3. Felipe disse:

    Raciocínio engraçado, quanto custa para construir o shopping e os prédios? Deve ser a maior parte dos 500 milhões. Favor voltar com argumentos.

  4. Aires disse:

    Existem os caranguejos que querem andar para trás.
    Mas neste projeto estão os tubarões que querem engolir tudo.
    E os avestruzes que escondem a cabeça e não vêem nada.

  5. Valdo Balbinot disse:

    R$ 500 milhões de investimento TOTAL, mas para a revitalização menos de 10% deste valor.
    Não temos de pagar amortização de investimento privado, pois além do ESTUPRO que se dará no PDDUA, todo objeto do restante do contrato vai para o investidor. Querem faturar ilimitadamente, com apoio de ‘idiotas úteis’ ???
    Há um projeto alternativo ‘CEM vezes melhor’, com o mesmo valor que a prefeitura está jogando fora no outro projeto ‘Orla do Guaíba’ a cidade e seus habitantes ganhariam muito mais, SEM TORRES, SEM ‘XÓPIN’.
    Coisa de português, nem o Odone conseguiria fazer um negócio TÃO RUIM !!! Parabéns Yeda/Fortunatti… vocês tão se lixando né?
    Desinformado ou com intuto de enganar os bobos, Fernando Albrecht?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »