O café

9 jan • NotasNenhum comentário em O café

Beberico meu café em uma simpática e charmosa cafeteria do Moinhos de Vento, quando entra um ser humano visivelmente fora do seu habitat natural. Olha o balcão, hesita, por fim toma coragem e faz o pedido.

– Eu queria um pacucino.

E a dona.

– Pacucino não temos, só cappuccino.

Ele bota o peso do corpo no outro pé.

– Serve.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »