O baú de Matusalém

23 jun • Caso do DiaNenhum comentário em O baú de Matusalém

Nos anos 1980, surgiu no Rio de Janeiro a moda vagaba, primeiro com jeans estonados como se retirados do baú do Matusalém, e, em seguida, com parte deles rasgados. No início, as mulheres usavam essas roupas – jeans, blusas e até sapatos – apenas na Zona Sul e em points descolados de bairros como Ipanema, Leblon e outros mais votados. Na Zona Norte do Rio, as garotas mereciam olhares de pena dos passantes.

Quem diria que hoje a moda vagaba está em plena forma, embora o “vagaba” tenha desaparecido. Nem elas sabem da origem da rasgação de jeans, acreditam que é coisa de vanguarda, moda importada de Paris e alhures. Depois que inventaram o tênis com smoking não duvido de mais nada.

Mas o que eu não capto bem é mulheres usando jeans rasgados, por onde se infiltra o vento Minuano, e na parte de cima agasalham-se com roupas pesadas e quando tem mão livre ainda apertam a gola no pescoço enquanto caminham na rua. Então, a moda vagaba não só está no auge como ainda se presta a exercícios de masoquismo.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »