Notas

28 fev • Sem categoriaNenhum comentário em Notas

Leia…

…este interessante artigo escrito por Jean Christian Mies, Vice-Presidente Sênior da Adyen para a América Latina abordando a clonagem de cartões, muito comum no Brasil – metade dos brasileiros já tiveram esse problema.

Acesse aqui.

Emenda tudo

A moda de registrar nomes de empresas sem espaço e com a primeira letra da segunda palavra emendada em caixa alta já enjoou. Um dia os textos serão todos emendadas em uma só frase do início ao fim. Serão os textos-trem.

A promessa

Entreouvido em conversa por celular em lotação de Porto Alegre: “Não vou te deixar na mão, fica tranquilo. Podes crer, assim que entrar o dinheiro, pago minha dívida. Aviso assim que entrar dinheiro. Periga até eu pagar antes”.

A realidade

Não só vai deixar o credor na mão, como vai dizer que não entrou dinheiro e muito menos vai pagar antes e o credor não vai ficar tranquilo. E, para localizar o devedor, vai ser uma missa.

Vocês me conhecem

Certos candidatos não são viáveis ou por não serem conhecidos ou por serem conhecidos, diz o jornalista Carlos Brickmann, no seu blog Chumbo Gordo. Esta última condição é uma variável do nosso “O Rio Grande me conhece”, frase proferida na rádio TV ou “a pedido” por homens públicos ou políticos pegos com a boca na botija. Aí que estava o problema: era conhecido até demais.

Quem ganha

Interessante esse comentário do mesmo Carlos Brickmann: “Pesquisa DataChute: sem Lula, os favoritos são Temer e Alckmin (que têm partido e governos); zebra, Marina. Com Lula, um dos três, sem zebra.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »