Não gaste seu latim

24 ago • NotasNenhum comentário em Não gaste seu latim

A Editora Edipro está lançando o Dicionário de Latim com mais de 24 mil entradas acompanhadas de definição e classificação gramatical em português. Quem estudou Latim não comete erros de concordância. Pena que não se estude mais essa língua, dito como morta mas que revive a toda hora. Até a reforma do Ensino, do início dos anos 1970, estudava-se Latim durante quatro anos, no ginásio, hoje ensino médio.

Se você pensa que basta entrar no Google está muito enganado. O Google Tradutor sabe muito pouco dele. A editora dá alguns exemplos de tradução rápida e equivocada. Experimente consultar “o ter beata civitas”, no livro encontrará “ó cidade três vezes feliz” e no Google “três vezes da cidade abençoada”. Que tal buscar por “ovo nudior”? Mais pelado que um ovo?

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »