Monumental

12 abr • A Vida como ela foiNenhum comentário em Monumental

O compositor alemão Richard Wagner (1813-1883) deixou uma obra monumental e não só com suas óperas. Também foi ensaísta, embora todos se lembrem mais dele como músico. Particularmente, gosto do Ouro do Reno de O Anel de Libelungo.

     Era um tipo impressionante, contam. Exalava confiança e sabia que causava forte impressão, incluindo mulheres. Hoje mesmo chamaria atenção. Casou e depois descansou para ficar com sua Cosima. Certa vez, estavam em casa. Ele trabalhando, e ela em algum afazer de casa. Wagner deixou o que fazia e pôs-se a admirá-la. Depois de um  certo tempo, ele não se conteve e falou.

     – Você é muito bonita. Deveria ter casado com Deus!

     Sem erguer os olhos Cosima devolveu.

     – É o que eu fiz.

     Lenda ou não, não é uma  maravilha?

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »