Lutando contra a fraude na publicidade digital

6 fev • ArtigosNenhum comentário em Lutando contra a fraude na publicidade digital

Artigo enviado por Juan Cruz Ortigoza: 

Estamos em um momento crucial da indústria publicitária, em que é necessário adotar medidas que garantam maior transparência e permitam que o processo do whitelist seja o mais simples possível. É por isso que precisamos falar sobre ads.txt, arquivo de texto que tem como objetivo fazer com que a mídia programática seja mais transparente. Mas o que é ads.txt e como ele afetará o futuro dessa mídia?

O ads.txt (Authorized Digital Sellers ou Vendedores Digitais Autorizados) foi introduzido pela Interactive Advertising Bureau (IAB) no ano passado e consiste em um arquivo de texto que lista todas as empresas autorizadas para a comercialização dos seus inventários, desde vendedores diretos (sellers) a revendedores autorizados (resellers).

Para os publishers, o processo de integração é relativamente simples: eles precisam adicionar o arquivo ads.txt aos seus domínios e criar uma lista de vendedores e revendedores autorizados. A partir do momento que esse arquivo fica disponível, as empresas listadas serão as únicas autorizadas a comercializar o inventário daquele publisher.

Além disso, o ads.txt ajuda a combater um dos tipos de fraudes publicitárias mais comuns, o spoofing. Essa prática acontece quando uma rede anuncia o inventário de URLs específicas (geralmente de publishers premium) mas que, na verdade, são só uma combinação de sites falsos e/ou de baixa qualidade.

Depois do bloqueio imposto por diferentes supply-side platforms (SSPs) às vendas não autorizadas, e o impacto positivo nos lucros, muitos publishers começaram a adotar esse arquivo de texto.

Bloqueando vendas não autorizadas e aumentando os lucros, o ads.txt é um bom primeiro passo para aumentar a transparência na indústria publicitária e beneficiar todos os atores desse ecossistema, sejam publishers, anunciantes ou consumidores finais.

Juan Cruz Ortigoza

Media Buyer da Logan Argentina

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »