A labirintite

5 jan • Caso do DiaNenhum comentário em A labirintite

Imagem de labirintos ilustra o caso do dia de Fernando Albrecht

Em matéria de respostas para a pergunta definitiva de onde viemos para onde vamos, a ciência avançou espetacularmente – para os lados. Não avançamos, ou avançamos milímetros. Do Big Bang ao Bóson de Higs passando pela Teoria das Cordas e outas tantas descobertas fantásticas, nada nos levou para a frente. Mesmo o Grande Início, que explica o Universo. Mas de onde e como veio aquele ponto extremamente quente e denso se não de outro Big Bang?

Tenho essa convicção desde que li o primeiro livro do Stephen Hawking. Claro que não sou o único. Mas é o que é. É como você ser colocado no meio de um labirinto e procurar a entrada e a saída, e descobre desdobramentos intermináveis, mas não consegue localizar nem a entrada e nem a saída. Tirando esse detalhe, sabemos muito de labirintos.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »