Festa no incêndio

11 dez • A Vida como ela foiNenhum comentário em Festa no incêndio

 Foi um incêndio de bom tamanho o que atingiu uma floresta plantada em município do interior do Rio Grande do Sul. Felizmente, o dono do campo, que arrendou a terra para uma indústria de celulose, conseguiu um helicóptero para ajudar os bombeiros. O fazendeiro possuía várias lagoas naturais na propriedade, onde fazia piscicultura.

 Prenderam uma enorme bolsa vazia na aeronave de asas rotativas, e o piloto a descia para que se enchesse de água. Isso feito, o helicóptero se deslocava para o foco do incêndio e jogava a água, operação repetida e facilitada porque as lagoas ficavam perto das árvores atingida pelas chamas.

 Em pouco tempo, o fogo estava debelado, todos ficaram felizes, até que um funcionário foi olhar mais de perto. Sentiu um forte cheio de peixe assado, então todos entenderam. Quando a bolsa de água era içada, junto com ela vinha uma grande quantidade de peixes. Bolsada após bolsada, caiu peixe barbaridade, que serviu para um lauto almoço de todos os envolvidos. Mas sempre tem um para botar defeito. Depois de comer à tripa forra, um peão se virou para o piloto do helicóptero:

 – Achei que teve pouco sal.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »