Eu fuckeio, tu fuckeias

6 out • NotasNenhum comentário em Eu fuckeio, tu fuckeias

Francis Fukuyama, lembram? Ele já se desculpou por aquela história de o fim da história, mas em matéria de criatividade realmente estamos devagar quase parando, com boas exceções fora das perseguições-capotagens-sangue esguichando na cara. E os diálogos precisam ter pelo menos um “shit” a cada 20 segundos e um fuck you a cada dez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »