Eu e o lotação

8 jun • A Vida como ela foiNenhum comentário em Eu e o lotação

É uma relação neurótica. Começou há alguns anos, quando parei de ir ao Centro de carro. Afinal, além da economia, estacionamento etc, havia o fator estresse. O lotação me pega na frente do JC e, na volta, fico na frente do JC.

E aí começou o estresse 2. Quando volto para o jornal, tenho que levantar bem antes para sinalizar ao motora que pretendo desembarcar na esquina da João Pessoa com Venâncio Aires.

– Depois da esquina – digo.

– Passando a esquina ou antes?

Repito. Na vez seguinte aprendi a lição.

– Passando a esquina.

– Depois da esquina? – pergunta o cara.

E dali em diante não acertei uma. Foi assim que tudo começou, doutor. Quando digo “depois” o cara pergunta “passando?”. O senhor não teria aí um remédio anti-homicídio? Pois temo cometer esse tresloucado gesto. Mas o júri me absolverá.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »