Eu, ator

13 jul • A Vida como ela foiNenhum comentário em Eu, ator

Já fui ator de comercial de TV, vocês sabem, mas lembrei que também já fui ator de teatro. E precoce. A peça tinha o título “O crime não compensa”, coisa mais comum que sorvete de creme. Mas deem um desconto, afinal eu tinha 13 para 14 anos. No tempo do Ginásio São João Batista, de Montenegro, um colega, o Carlos Alberto de Oliveira, nos garantiu que daria um bom dinheiro, convidando a vizinhança, pais e parentes.

Ele mesmo escreveu a peça em três atos, os mais curtos da história da dramaturgia mundial. Fiquei contente que meu papel era de detetive, mas quem matava o criminoso era o Carlos Alberto. Não entendi, mas chefe é chefe. Eu só tinha que me abaixar junto ao corpo estirado no chão – acho que era o meu amigo Laio – fingir que fechava as pálpebras e dizer uma frase que certamente, pensei eu na época, entraria para a história como o to be or not to be, escrita pelo Bardo.

– Pobre homem!

Brilhante, não? Mas ninguém aplaudiu e nem me cumprimentou após o espetáculo. Muito menos pediram autógrafo, para minha desilusão. O que eu sei é que o Carlos Alberto ficou com a metade da renda dizendo que “o teatro”, a garagem da casa, era dele. Deduzida as despesas como a graxa que comprei para pintar um bigode, sobrou dinheiro para comprar uma Coca-Cola, dois quindins e um pastel vendido pelo biscateiro Balaio Bocó.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »