Notas

10 abr • NotasNenhum comentário em Notas

et

ET

Continuo fantasiado de ET e olhando o noticiário sobre os desdobramentos da prisão de Lula. Não me surpreendeu a paulatina diminuição do número de militantes, MST à parte. Tenho observado ao longo do tempo que, no Brasil, a segunda vez nunca é como a primeira, salvo quebra de padrão. Como dizem os judeus, o homem faz planos e Deus ri.

Quebra-quebra

Quando deu o primeiro quebra-quebra dos Black blocks, em Porto Alegre e outras capitais, o povo ficou chocado e amedrontado. Imagina a próxima sessão, diziam todos fazendo o sinal da cruz. Só que a segunda foi mixuruca e a terceira foi um traque.

Poeira

Quem disser  que a prisão de Lula é o ocaso do lulo-petismo ou que o episódio vai reforçar o lulismo está chutando. Só depois que a poeira sentar é que veremos o cenário com mais nitidez.

Conservadorismo

O que dá para sentir, mesmo antes da prisão era palpável, é o avanço do conservadorismo no continente e no mundo em geral. Mas atenção: não confundir conservadorismo com direita. Até podem surgir lideranças no processo, mas ainda acho que é a hora dos caras de centro. A  conferir se é o caso do Brasil. Desconfio que sim, mas é palpite, não uma certeza.

Moda

Leio que é moda levar cachorros para cerimônias de casamento e que já existem empresas especializadas em levá-los de forma a não causar rebuliço. Imagina um dobermann urinar na batina do padre bem na hora do sim.

Pets

Portanto, não só acredito que a tendência vire moda, como tenho certeza que está próximo o dia em que pets levarão humanos para as suas cerimônias de casamento e que surgirão empresas especializadas no metier. Imagina um homem ou mulher mordendo o padre.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »