Efeito Lagartixa

25 nov • Caso do DiaNenhum comentário em Efeito Lagartixa

  Consiste no seguinte: se você jogar uma lagartixa na água fervente ela pula fora mal sente o calor. Mas se ela for jogada na água fria que em seguida é aquecida aos poucos, a lagartixa morrerá queimada. Diluído no tempo, nos acostumamos com tudo.

  O jornalista Fernando Lara Mesquita escreveu artigo no Estadão em que faz uma contabilidade macabra. Desde a 129ª vítima que morreu no Bataclan, 1.543 brasileiros morreram crivados de balas. A média de 2014 foi de 56.337 homens mulheres e crianças assassinadas.

  Não estou querendo dizer que os números do terror na França tenham que ser relativizados, pelo amor de Deus. O que estou dizendo é que a lagartixa aqui foi jogada na água fria e a francesa, na água fervente.

  É como nas estatísticas. Quando algum ministro mais corajoso disse ao ditador comunista Josef Stálin que a imprensa mundial estava fazendo um escândalo com os 20 milhões que ele mandou matar ao vivo ou a cores nos campos de concentração, o Czar do Kremlin deu de ombros e respondeu que cem mortes era uma tragédia, mas que 20 milhões era apenas uma estatística.

  Assim é o mundo. No futuro, seremos todos meros números.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »