É a cabeça, irmão

8 fev • Caso do DiaNenhum comentário em É a cabeça, irmão

  A toda hora, os viventes brasileiros têm alguma bronca ou dificuldade com a burocracia. Nem preciso explicar. Atribui-se a Benjamin Franklin a máxima de que duas coisas são certas nesta vida, a morte e os impostos. No Brasil, há uma terceira, a burocracia. A explicação é sempre que é herança portuguesa, que é uma questão cultural, explicação definitiva e tamanho único que se dá quando não foi feita a coisa certa, tem-se preguiça de mudá-las ou até para mostrar uma bagagem de sabedoria que não existe e tem a profundidade de uma poça d’água. Resumo resumido: não dá, Nunca dá. São as leis, repetem.

 Não, não são as leis. É a cabeça de quem as criou. E só uma cabeça melhor pode mudá-las.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »