Dr. Strangelove

2 mar • Caso do DiaNenhum comentário em Dr. Strangelove

dr-strangelove-still-580

A cada dia que passa, a cada tresloucado gesto que Donald Trump faz, fico mais convicto que ele não termina o mandato, como escrevi logo depois das primeiras cacacas que ele despejou. Se der tempo, antes de fazer a Mãe de Todas as Melecas.

Ele me lembra o ator Slim Pickens no fenomenal filme “ – Ou Como Aprendi a Amar a Bomba”, de Stanley Kubrick (1964). O ator pilota um bombardeiro B-52 e no final monta numa bomba atômica e a larga, agitando o típico chapéu texano Stetson como se estivesse em um rodeio.

Mas pode que não. De repente, Deus é norte-americano. Brasileiro seguramente ele não é.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »