Dor de cabeça

8 out • NotasNenhum comentário em Dor de cabeça

A decisão do Tribunal Superior Eleitoral em aprovar o início das investigações das verbas de campanha da presidente Dilma e do seu vice Michel Temer é, disparado, a maior dor de cabeça que ela terá. Pode anular a eleição.

Não precisa mandar para o Congresso nem nada, como no caso do TCU, é direto da fonte. O tribunal tem competência para anular a eleição, garante o jurista Ives Gandra Martins, solidamente ancorado em uma observação: se não pudesse, perderia a função.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »