Dois planejamentos

23 jan • Caso do DiaNenhum comentário em Dois planejamentos

 São tantos os cuidados para evitar tumultos antes, durante e depois do julgamento do recurso de Lula, quarta-feira, que há grandes chances de não acontecer nada de mais grave. Governos, polícias, federal inclusive, Justiça Federal, tudo foi devidamente acertado com os movimentos sociais e grupos de apoio ao ex-presidente. Há compromissos até dos próprios líderes, inclusive do MST, em identificar e bloquear as gentes do mal.

 Mas como reza um provérbio judaico, o homem planeja e Deus ri. Que há entre os diversos grupos pessoas interessados em violência isso sabem até os lambaris da sanga. Também duvido que, uma vez iniciado algum tipo de tumulto, as forças de segurança vão se ver em palpos de aranha para que o dique não se rompa. Principalmente DEPOIS do julgamento.

 A turma do quebra-quebra não faz prisioneiros. Eles são do quanto pior melhor. A exemplo das forças da lei e da ordem, eles também podem – repito, podem – ter seu próprio planejamento.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »