Asi no más  

29 set • NotasNenhum comentário em Asi no más  

Então estou eu bebericando um belo café com uma colega, em uma cafeteria bem apessoada da cidade. Ela pede um café gelado com não-sei-o-que misturado, sorvendo até que o canudo implode. Claro, era de papel. Moço, ela diz para o garçom, canudo de papel não aguenta. O rapaz não se impressiona.

– Às vezes, eles aguentam.

Meu saco também. Mas só às vezes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »