Dai-me um tempo

19 set • Sem categoriaNenhum comentário em Dai-me um tempo

O Brasil tem muito em comum com Santo Agostinho. Antes de ser condecorado com a láurea máxima da Igreja Católica, Agostinho era um pândego. Devasso até, chegado num bacanal, muitas mulheres, vinho e devassidão. Seu comportamento era criticado e ele próprio viu que as coisas estavam fugindo do controle. Optou por pisar no freio, mas bem devagar. Então disse a famosa frase:

– Senhor, fazei-me casto, mas não agora.

Estoque de sacanagem

Quer dizer que nosso santo homem ainda tinha um estoque de calaçaria e esbórnia. E como é feio jogar coisa fora, deu-se um tempo. O resto todo mundo sabe. Virou santo e santo dos grandes, grande pensador que era.

O Brasil de Agostinho

Pois o Brasil me parece o Agostinho de então. Nunca fez o dever de casa, nunca tocou as reformas necessárias mesmo quando a situação era propícia para tal, e até mesmo quando os governantes cavalgavam enorme popularidade, como Lula. Não tocou uma só mísera reforma das tantas indispensáveis. De alguns anos ouvimos a mesma lorota de sempre, este ano não dá porque é ano eleitoral, ano que vem não dá porque não é ano eleitoral. Tudo papo pra boi dormir.

Um dia, quem sabe

Nunca fizemos nem faremos. Talvez haja alguma reação quando não tiver mais dinheiro para pagar subsídios para parlamentares e vencimentos do Poder Judiciário e do MP. Só que a essa altura o povo propriamente dito já terá morrido de fome.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »