Concorrência leal

8 nov • Notas1 comentário em Concorrência leal

 Publiquei na página 3 do Jornal do Comércio de hoje. Três pessoas que moram em Tramandaí vieram para visitar parente na Capital, utilizando ônibus de linha. Cada um pagou R$ 35,00 de passagem, mais R$ 20,00 de táxi da casa deles até a rodoviária de lá. Gastaram na vinda R$ 125,00. Voltaram de Uber por R$ 160,00 que os levou até a casa deles no Litoral. É um dos motivos pelos quais as empresas de ônibus vêm perdendo passageiros.

One Response to Concorrência leal

  1. Cid Vanderlei Krahn disse:

    É bem por isso que, em qualquer cidade do interior, há uma quantidade enorme de mototáxis. Ao invés de esperar o ônibus, que nem sempre passa em frente a sua casa e tem horários “bem espaçados”, o sujeito paga 1 a 2 reais mais e vai de mototáxi, que, além de sair da frente da sua casa, deixa-o em qualquer lugar da cidade e a qualquer hora do dia/noite. Td bem, tem o problema do inverno ou da chuva, mas, mesmo assim, é prático, eficiente e está crescendo ano a ano (consequência: os coletivos urbanos, onde ñ há subsídio oficial ou aumento da frequência das linhas + ônibus e qualidade, tendem a desaparecer).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »