Churrasco, uma veiz

30 set • Caso do Dia, NotasNenhum comentário em Churrasco, uma veiz

A Tramontina tem uma ambição: consolidar a marca como sinônimo de churrasco no Brasil e no mundo. Exporta a cultura do típico assado gaúcho, com a tradicional picanha no espeto, para além do território nacional. Principalmente, para a Europa, que representa 20% das exportações da empresa, e tem como carro-chefe a linha churrasco. Hoje são mais de 500 pontos de venda específicos somente na Alemanha, número que segue em constante crescimento.

Uma das estratégias para atingir a posição é participar cada vez mais de eventos no setor. A arquiteta Carolina Guerra Grespan, da CGG Arquitetura, é o nome por trás dos projetos de churrasco da Tramontina em eventos nacionais – como Expointer e Churrascada – e internacionais. Neste mês, na Alemanha, a marca esteve presente como única brasileira na Spoga+Gafa, maior feira do segmento outdoor e churrasco do mundo, com ambiente desenhado por ela. A participação nesta edição estima a entrada em mais 2000 pontos por meio de uma das grandes redes alemãs.

Os mais de 500 itens específicos de churrasco no portfólio da marca são produzidos em três diferentes fábricas no país. No Brasil, são mais de 15 mil pontos de venda de churrasco, e a meta é dobrar o número em quatro anos. “O próximo passo é levar o projeto churrasco para os Estados Unidos”, conta Marcos Grespan, diretor da Tramontina.

 Fotos: Carolina Guerra Grespan

OVO SEM GALINHA

Ovo feito de ervilha, já comeu? Pois essa é uma das novidades das foodtechs nova tendência na área de lojas de alimentação. Pelo menos é que garante a 100 Open Startups. Resumindo, é comida mais saudável e natureba. Nada de maionese, por exemplo. Mas não basta ter lojas com esses produtos, há que ter fazendas que abasteçam esse mercado. Em 2018, o negócio como um todo movimentou 7 bilhões de dólares.

Comida orgânica eu assino embaixo 100%, apesar de um amigo meu, fiel apóstolo da Seita do Cinismo dizer que moranguinho sem agrotóxico não tem sabor nem graça. Hoje já existe essa tendência e vejo cada vez mais lojas e quiosques cá em Porto Alegre.

Agora, ovo feito de ervilha, vão me desculpar. Gosto muito dos dois, mas em separado. O ovo é a maior invenção da natureza, ele e a galinha, que merecia estátuas em todo mundo. No meu Tratado de Tordesilhas a proteína animal ainda vai durar séculos.

PERGUNTINHA

Gostaria de saber quanto Lula já gastou com advogados desde o início da bronca. E quem pagou, se foi ele, o PT, o próprio Instituto Lula ou foi doação de abnegados fieis do ex-presidente. Transparência já.

PING

A Inadimplência do consumidor cresce 2,7% em julho, revela Serasa Experian. 63,3 milhões de brasileiros estavam com contas atrasadas e negativadas em julho de 2019.

PONG

Confiança do consumidor para de cair, diz pesquisa da CNI NEC de setembro. Fica estável, mas mostra que aumentou a preocupação dos brasileiros com a inflação.

POIS NÃO É QUE O CARA TÁ CERTO?

Desta vez, o ministro Gilmar Mendes acertou 100% na mosca. Ao saber da entrevista ao Estado do ex-Procurador Geral da República Rodrigo Janot em que ele diz que entrou armado no STF para matá-lo e depois se suicidar, Mendes disse que recomenda a Janot “que procure ajuda psiquiátrica”.

O BRASIL QUE FUNCIONA

A advogada Louise Spencer dará palestra no Grupo de Estudos de Direito de Família do IARGS para falar sobre o tema “A (im)possibiidade de prisão na execução de alimentos indenizatórios”, a partir das 12h, no quarto andar da sede do instituto. Entrada aberta. Mais informações no telefone 3224-5788.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »