Canoa furada

12 jun • A Vida como ela foiNenhum comentário em Canoa furada

Circula na web um pps bem-humorado sobre corrida anual de canoas entre uma equipe brasileira e outra japonesa. Na primeira competição os orientais ganharam com um quilômetro de vantagem, o que evidentemente frustrou os administradores verde-amarelos, que em seguida montaram um Grupo de Trabalho para descobrir as causas do fracasso.

Depois de muitos estudos, o GT chegou à brilhante conclusão que a equipe do Japão tinha sete remadores e um comandante, enquanto a nossa contava com sete comandantes e um remador. O diretor geral então contratou uma consultoria para analisar a situação exposta pelo GT. Depois de longos meses, a consultoria chegou à conclusão que tínhamos remadores de menos e capitães demais. Diante destes fatos, o diretor geral resolveu mudar a estrutura da equipe, que passou a ter quatro comandantes, dois supervisores. um chefe de supervisores e um remador.

Totalmente reformulada, a equipe voltou para a raia enfrentando novamente os japoneses. Para surpresa da direção, ficaram dois quilômetros atrás do adversário. Foi então feira uma sindicância interna e o resultado dela foi que o remador era o culpado pelo fracasso, sendo imediatamente demitido – os demais ganharam gratificações pelo empenho.

O relatório final do diretor geral concluiu que a tática empregada era correta, que a motivação era boa, mas que o equipamento precisava ser melhorado. Atualmente prepara-se a compra sem licitação de uma nova canoa.

Aqui entrou eu. Primeiro que o custo dessa trapalhada foi paga pelos otários de sempre, nós. Depois, vocês não imaginam quantas e quantas competições e desastres assim eu vi nesta minha longa jornada, e sempre a culpa era do remador ou da canoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »