Caniços ao vento

20 jun • A Vida como ela foiNenhum comentário em Caniços ao vento

O blogueiro Carlos Brickmann conta uma boa sobre o caráter de muitos dos nossos legisladores. No impeachment de Fernando Collor, o deputado federal Onaireves Moura foi um dos comandantes de sua defesa. Visitou Collor, pediu-lhe desculpas: não poderia participar da votação porque tinha de viajar ao Paraná. E foi. Mas escolheu um voo com escala em São Paulo.

De São Paulo, ligou para Brasília e soube que Collor estava levando uma goleada. Pegou o avião para Brasília a tempo de votar contra ele. Como diria o Magro do Bonfa, me fez pegar nojo. Espinha dura não existe mais. Hoje é tudo molóide, parece mandolate que fica mole com qualquer calor.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »