Mãos ao alto

23 mar • Caso do DiaNenhum comentário em Mãos ao alto

Manchas de sangue sobre um tecido branco.

O Brasil bateu seu recorde de homicídios em 2014. Foram 59.627 registros no ano, número que representa mais de 10% dos homicídios registrados no mundo e torna o País campeão mundial de assassinatos, em números absolutos (dados do Atlas da Violência 2016-Opea). A taxa é de 29,1 mortos por 100 mil habitantes. A ONU classifica como epidêmica a situação de locais onde a taxa registrada é superior a dez homicídios por 100 mil habitantes.

Alagoas tem taxa de 63 assassinatos por 100 mil habitantes, um ultraje a rigor. A coisa enrosca mais é no Nordeste. Olhe o percentual do aumento no número de mortes: Rio Grande do Norte (306%), Maranhão (209,4%), Ceará (166,5%), Bahia (132,6%), Paraíba (114,4%) e Sergipe (107,7%). São Paulo é o Estado com maior redução na taxa de homicídios, com queda de 52,4% entre 2004 e 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »