Baile de cobras

26 nov • Caso do DiaNenhum comentário em Baile de cobras

Imagem de cobras entrelaçadas para ilustrar nota de Fernando Albrecht em que diz que a política brasileira é um baile de cobras

  Há um documentário do Animal Planet que mostra um encontro invulgar no mundo das cobras. Em uma das poucas florestas tropicais ainda restantes, em algum país asiático, em um determinado dia, centenas e centenas de cobras se reúnem em um determinado ponto da mata, e ali permanecem entrelaçadas por um longo tempo. Você não sabe onde um répritl começa e outro termina. Os cientistas ainda não descobriram bem o espírito da coisa, porque não se trata de um ritual de acasalamento.

  No grande Butantã brasileiro, esse baile de cobras também acontece, só que não é uma vez por ano. Todos os dias as cobras públicas e privadas brasileiras se enroscam, também a ponto de não se distinguir umas das outras, o que é público e o que é privado. Também não é um ritual de acasalamento, mas uma troca de fluídos de informação em que os negócios são facilitados e barreiras legais e/ou morais são derrubadas para o bem de todos e a infelicidade geral da Nação.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »