A carruagem inglesa  

28 nov • Caso do DiaNenhum comentário em A carruagem inglesa  

Placas da fachada do edifício Sulacap de Porto Alegre caíram em cima de um lotação, obrigando a prefeitura a transferir os terminais dos lotações para uma área militar: as ruas Marechal Floriano e General Vitorino. Os milicos, sempre os milicos. O Sulacap foi construído em 1949 e é grande até hoje, em altura e tamanho. Não saberia dizer se foi ação dos recentes temporais e ventos fortes que vêm castigando a Capital gaúcham, ou se faltou manutenção.

É uma boa idade para um prédio ter, mas nada de matusalêmico. De qualquer forma, fez-me lembrar da lenda das carruagens inglesas. Elas eram tão bem-feitas e acabadas que duravam 100 anos. Mas assim que vira o Ano Novo, elas se desmanchavam como castelo de cartas.

Em sendo inglesas, faz sentido.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »