Almas jurídicas

31 dez • Caso do Dia, NotasNenhum comentário em Almas jurídicas

2

Quem busca um ano novo no fim do ano velho procura se enganar. Um 19 substituído por um 20 não muda coisíssima nenhuma nem na vida, nem na política. Nem nas tragédias e nem na economia. É uma ilusão no tempo achar que o ano que chega será a redenção das almas físicas e jurídicas. A economia vai reagir, repetimos todos. A economia já vem reagindo neste 2019 e 2020 apenas o reboca.

Imagem: Freepik

ALMAS FÍSICAS

As almas físicas precisam de renda para não desaparecer. Precisam melhorar de vida e, queiramos ou não, o vil metal só vai desaparecer segundos antes do Grande The End. O big one. E esse é um dos problemas brasileiros, um povo que resiste à qualificação e sem vontade de prosperar afora um milagre divino ou herança de uma tia que você nunca conheceu que fez fortuna e depois de longa busca soube que você existia.

NATAL EM DOBRO

32SonhoCanela_1755Canela e Gramado atraem turistas com suas festas natalinas, Gramado tem o seu Natal Luz e Canela o 32 º Sonho de Natal.

O Réveillon terá programação especial em Canela, que comemora 75 anos de emancipação política. Hoje a partir das 23h haverá show em frente à Catedral de Pedra, com direito a trio elétrico. Para os turistas, dá para encarar os dois eventos da Serra das Hortênsias, já que as duas cidades são próximas.

Foto: Rafael Cavalli/SerraPress

CALORÃO

DSC_6432O calor chegou com força ao Rio Grande do Sul e os animais do Gramadozoo também precisam de cuidados nas altas temperaturas. Para refrescar, a equipe técnica preparou petiscos especiais.

Onças ganharam picolés de carne e peixe. Já os macacos, iraras, e quatis, receberam saborosos petiscos congelados de frutas. Faz parte do bem-estar animal, explica o veterinário Renan Alves Stadler.

Foto: Halder Ramos

NO FIM…

…retrospectivas são uma chatice. Ninguém, a não ser os mórbidos, quer rever desgraças. E as alegrias não têm reprise.

PENSAMENTO DO DIAS

O Brasil só será habitável novamente quando casas e prédios não tiveram mais cercas de metal a cercá-los.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »