A última volta

19 fev • A Vida como ela foiNenhum comentário em A última volta

O que eu penso se tem volta essa enorme enrascada em que este país se meteu? Dá para ilustrar com um causo dos meus tempos de faculdade. Uma turma de Uruguaiana alugava um apartamento no Centro de Porto Alegre. Estudavam de dia e farreavam de noite, como todos nós. Menos um deles, um sujeito muito tímido, com medo da cidade grande e por isso quase não saía de casa.

Um dia aprontaram para o coitado. Gravaram o noticioso de maior audiência, o Correspondente Renner, e fizeram um rabicho com notícia de última hora e colocaram a fita no ponto de um gravador grande atrás de um rádio igualmente grande. Quando ele voltou do trabalho e sentou na poltrona, acionaram a gravação como se ao vivo fosse.

– Atenção! Atenção! Está confirmado que a Terra vai se chocar com a Lua em poucos meses!

Sentadito no sofá lendo revistinha do Pato Donald, o infeliz não moveu um músculo, nem fez a letra O com a boca. Depois de alguns minutos, fechou a revista, jogou-a num cesto ao lado e falou com tom entre choroso e conformado:

– Vou-me embora para Uruguaiana… E se essa desgraceira que nos assola hoje não tiver um final feliz, vou me embora para São Vendelino…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »