A nuvem de Magalhães

30 mai • A Vida como ela foiNenhum comentário em A nuvem de Magalhães

 A semana começou mais calma, ou não tão tensa, como preferirem. Os empresários, ao contrário, continuam lamentando a perda de um início de ressurgimento da economia. Nunca se pode dormir em paz neste país. Como a Nuvem de Magalhães, não as duas galáxias satélites das nossas, mas a nuvem do ex-governador mineiro e deputado Magalhães Pinto. Ele dizia que a política é como a nuvem, olha está de um jeito, olha de novo e ela está de outro. O país está igual.

Astuto como o Saci Pererê, Magalhães Pinto também foi dono do Banco Nacional, que ruiu depois que ele deixou o comando. Logo após a Lei da Anistia, ele foi abordado por um exilado que voltou ao Brasil e pediu um minuto de sua atenção.

 – Excelência, eu voltei ao Brasil e, para recomeçar minha vida, preciso de um empréstimo, então pensei no Banco Nacional…

Magalhães não deixou ele terminar a frase. Foi caminhando e adiante emendou.

 – Banco Nacional da Habitação? É uma boa ideia.

O causo foi contado por Sebastião Nery no Anedotário Político.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »