A mulher de César

7 mar • NotasNenhum comentário em A mulher de César

A propósito de sítios e apartamentos. Quando era governador de Minas Gerais, Tancredo Neves foi consultado pela sua mulher, dona Rizoleta, se ela poderia levar algumas obras de arte do acervo da família para um apartamento que ele mantinha no Rio de Janeiro. Melhor não, ponderou Tancredo. Talvez ninguém veja você entrar, mas todo mundo vai ver você sair com eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »