A lavagem

15 out • Caso do Dia, NotasNenhum comentário em A lavagem

lavar as mãos

Comemora-se hoje o Dia Mundial da Lavagem das Mãos (Global Hand Washing Day), data internacional que se insere no bojo de práticas para evitar a transmissão de doenças. Sabemos que 85% dos germens são transferidos pelas mãos, ou pelo apertar das mãos. É um pouco complicado o procedimento correto de lavar as mãos, então sugiro que olhem para seu médico e peçam que ele lave as dele e decore.

Imagem: Freepik

Lição romana

Há mais um motivo para lembrar a data. A primeira descrição que temos de lavar as mãos veio de Pôncio Pilatos, ao dizer que a condenação de Jesus Cristo à crucificação não partiu dele, e sim da turba. A turba é danada. Quer sempre pão, circo e sangue. Hoje o desejo é praticamente igual, só que o sangue é virtual (rumando para o vermelho real, considerando o MMA).

Eu fora

Hoje temos a lavagem das mãos virtual. Todo brasileiro lava as mãos várias vezes por dia. Seja na política, no dia a dia, estamos sempre tirando o corpo fora, o popular eu fora. Para governantes e políticos, este ato pode ser substituído pela palavra “muro”. É o que mais dá. Fosse no Brasil, o antigo Muro de Berlim precisaria ter milhares de quilômetros para abrigar os políticos.

A volta do Plazinha

O prédio do Plaza Porto Alegre, o Plazinha da rua Senhor dos passos, Centro Histórico, vai reviver na de forma de apartamentos, studios e lofts. Serão 204 unidades com preços a partir de R$ 350 mil. Mais serviços de hotelaria, bar e café. O projeto inclui 12 apartamentos para portadores de necessidades especiais. O Aion Absulot terá pré-lançamento dia 18. É um empreendimento da CommandInvest, que também pretende adotar a Praça Otávio Rocha, que fica em frente ao prédio.

No meu tempo…

…que é uma expressão que detesto mas me martirizo usando-a amiúde. Todo mundo da classe média, mais para alta que para média, casava no Plazinha, com direito à suíte nupcial e champanhe de verdade. Ficava-se entre a cama e o balde – não o balde ou bidê como na zona, esclareço. O balde com gelo para gelar a bebida. Dependendo do nervosismo do noite, o balde tinha que ser reabastecido com frequência.

E depois…

…vinha a lua de mel. Os muito ricos iam para Paris, os ricos para o Rio de Janeiro e os médios a passavam no único hotel de Ana Rech, cidade na região de Caxias do Sul, mais conhecido como o Cemitério das Virgens. Nunca mais se falou em Ana Rech, porque hoje até a baixa renda pode ir para Paris.

10 + 10

Três jovens gaúchos, empreendedores por natureza, reunirão grandes empresários em um único evento para discutir o tema empreendedorismo. Angelo Muratore, João Espíndola e Mauricio Sirotsky Neto estão à frente do “10 + 10 – olhar o passado para entender o futuro”, evento que reunirá nomes como Pedro Passos (Natura), Roberto Setubal (Itaú), Luiza Trajano (Magazine Luiza), Romero Rodrigues (Busca Pé e Redpoint eVentures), entre outros grandes nomes.

Ciclo Empreendedor

O encontro, que acontecerá nos dias 18 e 19 de outubro, em São Paulo, comemora os 10 anos do Ciclo Empreendedor, grupo que conta com mais de 200 membros, todos jovens empreendedores do Estado, que se reúnem mensalmente para discutir os desafios e o desenvolvimento do empreendedorismo no Rio Grande do Sul. Como é bom ver jovens tocando ficha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »