A fauna aquática

8 mai • A Vida como ela foiNenhum comentário em A fauna aquática

Vocês que se queixam do exagerado número de expressões inglesas em lugar dos termos nacionais saibam que, no passado, eles eram muitos. Como no futebol.

   Até meados dos anos 1950, goleiro era gol keeper e, na tradução para nossa língua, ficou guarda-valas;  zagueiro era beque, de back; center half virou centro médio; centroavante na língua de Trump era chamada de center forward. O árbitro era chamado de referee.

Eu tinha pena dos hoje gandulas, quem naqueles tempos, como dizia Jesus, levavam o apelido de  marrecões, vejam só. Imaginem o piá em casa na hora do almoço dominical com toda a família estufando o peito e dizendo do seu mais novo “emprego”.

– Pai, eu sou marrecão!

E aquela tia solteirona chata, que sempre pegava no pé do guri, redarguindo.

   – Eu sempre desconfiei…

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »