À espera da tempestade

4 nov • NotasNenhum comentário em À espera da tempestade

  Fundamentalmente, não tem quase nada de novo. Até na economia, tirando algumas grandes vendas & compras de empresas. Repito, nunca vi aridez igual por tanto tempo. De certa forma, é a calmaria que antecede a tempestade, que por enquanto chega de conta-gotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »