A confissão

19 mar • A Vida como ela foiNenhum comentário em A confissão

     Lembrei dos tempos de adolescência quando éramos obrigados a confessar nossos pecados ao padre, no confessionário, pelo menos uma vez por semana. Hoje você acumula milhas, naquele tempo, pecados. Ao que eu me lembre, a maior penitência que recebi foi rezar 100 Padres Nossos e 100 Aves Marias. Era como ser condenado a 50 anos de prisão.

     Mas antes de rezar tudo isso obtive a condicional. Antes de cumprir toda a pena, disse ao padre que tinha perdido a conta das rezas. Condescendente, ele me absolveu dos trocentos pecados mortais. O melhor é que, naquele tempo, não existia tornozeleira eletrônica.

Fernando Albrecht é jornalista e atua como editor da página 3 do Jornal do Comércio. Foi comentarista do Jornal Gente, da Rádio Band, editor da página 3 da Zero Hora, repórter policial, editor de economia, editor de Nacional, pauteiro, produtor do primeiro programa de agropecuária da televisão brasileira, o Campo e Lavoura, e do pioneiro no Sul de programa sobre o mercado acionário, o Pregão, na TV Gaúcha, além de incursões na área executiva e publicitário.

FacebookTwitter

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »