Sutilezas

9 fev • NotasNenhum comentário em Sutilezas

Cantada sutil de um guasca fronteiriço: “Me chama de sal grosso que eu me espalho na tua carne”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »