Ratos tolerados

5 set • Caso do DiaNenhum comentário em Ratos tolerados

Rato cinza atrás de um pedaço de queijo

De algum tempo para cá, tem surgido denúncias com consequente ação da Anvisa sobre a presença de corpos estranhos em alimentos, especialmente em enlatados ou envasados. Até marcas renomadas não escapam de um pelinho de rato aqui, outro pelinho de rato acolá, quando não é um objeto não-identificado de algo maior, orgânico ou reciclável, digamos assim, lixo seco que foi parar no seu café da manhã ou refeição.

Da última vez, não faz nem um mês, a explicação do fabricante foi daquelas coisas que, bem, coisas inacreditáveis não fosse elas uma constante neste bendito país. A empresa alegou que a quantidade de pelos estava abaixo dos índices tolerados pela Anvisa.

Conclui-se que, se existe um limite para pelos de ratos, existe também um limite para os donos dos pelos, os ratos, pois não?

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »