O mar intestino I

17 jun • NotasNenhum comentário em O mar intestino I

Em um dos livros de Umberto Eco que não consegui resgatar, está uma frase mais ou menos assim: se estiver no inferno, ache um cantinho e crie seu próprio mundo. É a versão Eco para uma antiga piada dos tempos de guri.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

« »